Uma narrativa de triunfo para pontuações de risca de seguros


Nascente post faz porção de uma encadeamento patrocinada pela TransUnion.

Disrupção econômica sem precedentes coloca a pontuação baseada em confiança à mostra – e foi aprovada com gabo.

Com o Coronavirus Aid, Relief and Economic Security (CARES) Act em 2020, o Congresso dos Estados Unidos agiu para caucionar que os americanos que se encontrassem em dificuldades financeiras devido aos efeitos da pandemia pudessem apadroar seu confiança de condições econômicas além de de seu controle. A Formalidade CARES ajudou a apadroar os mais necessitados durante uma crise sem precedentes.

Sortir acomodações de relatórios de confiança para consumidores em dificuldades financeiras nunca é uma costume novidade. Durante o COVID-19, os fornecedores de dados aproveitaram práticas de colocação de longa data para sortir conforto aos consumidores que enfrentam dificuldades financeiras decorrentes de eventos uma vez que eventos climáticos catastróficos e outras emergências declaradas.

Contudo a conformidade dessas proteções, a própria pandemia e seu impacto na economia levantaram preocupações no setor de seguros. Uma volúvel forçoso no método de petição de seguros é a pontuação de risca de preso baseada em confiança (de agora em diante denominada pontuação de risca de preso. Isso nunca é a mesma coisa que uma pontuação de confiança. Embora se baseie em extenso porção dos mesmos dados, ele foi projetado para entrever perdas de preso, nunca orientação financeira. Ainda assim, essas pontuações se baseiam em muitos dos mesmos dados que as pontuações de confiança tradicionais e são cobertas por algumas das mesmas regulamentações.

A questão generalidade época: as acomodações da Formalidade CARES reduziram a tendência das análises nas quais as seguradoras confiam para a conquista de decisões? Na veras, presentemente temos uma sonho retrospectiva suficiente para obter que em tal grau a Formalidade CARES quanto as pontuações de risca de preso funcionaram afim o esperado nas piores fases da pandemia de COVID-19 e nas consequências econômicas associadas.

No generalidade, a maioria dos consumidores que passou por dificuldades uma vez que produto da estrago ou diminuição do aplicação sem desculpa própria conseguiu caucionar acomodações com os credores para que sua pontuação de confiança nunca fosse afetada negativamente. Separadamente, contudo ao mesmo temporada, as pontuações de risca de preso permaneceram estáveis ​​e preditivas. Vejamos alguns exemplos para testemunhar uma vez que isso aconteceu na costume.

Singular análise de equilíbrio

O TransUnion CreditVision® Auto, uma pontuação de risca de preso para seguros de automóveis, é uno escabroso exemplo dessa equilíbrio. A Aspecto 1 compara a pontuação média mensal ao comprido de 2020 e em 2021 para a população totalidade ativa de confiança. Uma pontuação mais subida indica uno risca de preso mais insignificante.

Aspecto 1. Pontuação média mensal do CreditVision Auto Insurance Score.

Figura 1. Pontuação média mensal do CreditVision Auto Insurance Score.

Porquê você pode testemunhar, essa pontuação mostrou escabroso equilíbrio ao comprido de 2020 e em 2021. Essa equilíbrio reflete uma equilíbrio subjacente na economia, amortecida pelas recuperações pós-lockdown e velo fomento fornecido pela Formalidade CARES e outras intervenções legislativas.

Em 30 de setembro de 2021, o algarismo de consumidores com velo menos uma colocação de empréstimo nunca estudantil registrada diminuiu 67% a partir de o pico da atividade de colocação no segundo trimestre de 2020. A inquirição da TransUnion mostrou que a extenso maioria dos consumidores continuou a efectuar pagamentos em contas em acomodações, e que 89% das acomodações já foram removidas. As disposições de relatórios de confiança da Formalidade CARES ajudaram a aguentar a equilíbrio nas pontuações de risca de seguros, para que os provedores de seguros e os consumidores nunca fossem afetados negativamente velo escabroso abalroamento econômico principiante da pandemia.

As proteções ao consumidor da Formalidade CARES continuam a ser aplicadas depois o fim de uma colocação. Em junho de 2020, o Consumer Financial Protection Bureau (CFPB) publicou as orientações de relatórios ao consumidor da Formalidade CARES, descrevendo as proteções pós-acomodação. A inclinação especificava que uno consumidor que tinha uno status de cômputo “fluente” quando uma colocação foi inserida nunca pode ser descrito uma vez que inadimplente com espeque no tempo escondido pela colocação como a colocação termina, assumindo que os pagamentos nunca foram necessários ou o consumidor atendeu a quaisquer requisitos de pagamento de a colocação. Lá disso, o tempo escondido pela colocação nunca pode ser usado para antecipar ou correr uma inadimplência como a colocação termine.

Onde estamos, e uno ver avante

As concessões de confiança incorporadas à Formalidade CARES foram sem precedentes em graduação, contudo nunca em estirpe: as concessões legisladas nunca são novas, e podemos aguardar que continuem importantes no porvir. Os últimos 18 meses nos mostraram que as seguradoras podem acreditar na honestidade das pontuações de risca de preso mesmo em uno envolvente regulatório quando certas informações depreciativas nunca podem ser levadas em afeição.

Ainda assim, há preocupações entre o público e no contextura regulatório a respeito de a equidade do prática de pontuação baseada em confiança para fins de petição de seguros. Em blogs futuros, veremos os testes de neutralidade e a mendicância de o setor se alinhar às melhores práticas e veremos uma vez que as seguradoras podem aquinhoar essas mensagens positivas com seus parceiros públicos e governamentais.

Porquê aprender mais

Se você tiver dúvidas a respeito de a TransUnion, visite transunion.com/industry/insurance ou email [email protected].

As notícias de seguros mais importantes, na sua boceta de chegada todos os dias úteis.

Receba o boletim informativo confiável do setor de seguros



Source link

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

EnglishPortugueseSpanish